Fières Archives exposição de documentos autobiográficos de homossexuais do “fim do século”

 

Curadoria de Philippe Artières (historiador e diretor de pesquisa do CNR, França) e Clive Thomson (psicanalista e professor da Universidade de Guelph, Canadá)

 

Eles formaram uma comunidade invisível, quase silenciosa. Às vezes, relatos de sua presença eram observados na seção dos faits divers. Eram seus amores que os guiavam, porque os homens que foram para a Grécia, Itália, Sicília, Tunísia, Argélia eram homossexuais e eram assim chamados de “os invertidos”. Em cada um desses países, eles escreveram, contando algumas dessas existências ditas contrárias, e recolhiam frequentemente fotografias para manter o controle de suas reuniões e, por isso, formaram um arquivo enorme e disperso, mas com muitos pontos correspondentes. Esse é o por trás das cenas da Europa do fim-de-século. Um momento singular da emergência de passagens e linhas incomuns. Uma camada de arquivos preciosos.

 

A inauguração será nesta quinta-feira, dia 1 de junho, às 18h30. Ela ficará aberta ao público até o dia 31 de agosto de 2017.

 

Serviço

Dias: Segunda – sábado.

Horário: 11h – 17h

Local: Salle Jean Mouly – Mairie du 4ème, 2 place Baudoyer, 75004, Paris.

Para mais informações, confira o site: www.mairie4.paris.fr