Letramentos Acadêmicos: práticas e eventos de letramento na educação à distância

Autor

Amanda Cavalcante de Oliveira Lêdo

Orientador

Prof. Dr. Benedito Gomes Bezerra

Ano da defesa

2013

Resumo

A presente pesquisa está inserida na perspectiva dos estudos sobre letramento a partir de uma abordagem social, conforme os Novos Estudos sobre Letramento – New Literacy Studies – (STREET, 2012, 2010, 2007; BARTON; HAMILTON, 2005), e investiga as práticas e os eventos de letramento ocorridos em um curso de Letras a distância oferecido pela Universidade de Pernambuco (UPE). Considerando que os eventos de letramento apresentam o texto como elemento central na mediação das interações, neste trabalho parte-se de uma perspectiva textualmente orientada, ou seja, a partir da análise dos principais textos com os quais os estudantes lidam, levando em conta o conceito de gênero, objetivou-se estudar as peculiaridades das práticas e eventos de letramento no ambiente acadêmico, no contexto específico do referido curso. Além disso, objetivamos também identificar o conjunto de gêneros com o qual os alunos lidam (produtiva e receptivamente) ao estarem inseridos no sistema de atividades da Universidade e analisar a percepção, crenças e valores dos participantes da interação (alunos e professores) durante o processo de ensino-aprendizagem acerca dos gêneros principais presentes nos eventos de letramento que ocorrem nas disciplinas: fórum de discussão e WebQuest, bem como o fascículo das disciplina. Teoricamente, destacamos os conceitos de práticas e eventos de letramento, como ferramentas analíticas produtivas para a compreensão do fenômeno do letramento; além desses, foram centrais os conceitos de gênero (cf. MILLER, 2009 [1984]; SWALES, 1990) e conjunto de gênero (cf. DEVITT, 1991), relacionado com os sistemas de gêneros e os sistemas de atividades (BAZERMAN, 2005). A fim de proceder a uma descrição significativa desse fenômeno, os corpora se constituíram através de um conjunto de dados diversificados, recolhidos por meio de instrumentos como: aplicação de questionário, realização de entrevistas com professores e alunos, acompanhamento de uma disciplina pela pesquisadora através da observação do AVA, além do corpus textual composto por fóruns, WebQuest e fascículos. Foi realizada uma análise qualitativa dos dados, a partir de uma abordagem de cunho etnográfico. Os dados analisados revelam que o conjunto de gêneros dos estudantes é diversificado e composto por gêneros de diferentes esferas de atividades. Embora o curso de EaD seja mediado por gêneros específicos, com características estruturais e de linguagem próprias, como os fóruns e a WebQuest, eles ocorrem juntamente com os gêneros acadêmicos propriamente ditos (resumo, resenha, artigo científico, projeto de pesquisa). Apesar de existirem em outros contextos, esses gêneros adquirem nova dimensão e importância específicas nesse ambiente. Embora o processo de ensino-aprendizagem em um curso superior a distância aconteça por meio de gêneros distintos daqueles utilizados em um curso presencial, modificando alguns eventos de letramento, não foram observadas alterações significativas nas práticas de letramento envolvidas, visto que refletem as práticas, crenças e ideologias (como hierarquia, linguagem formal, valorização de referência nos textos, entre outras) típicas do meio acadêmico, independente de serem realizadas através de recursos tecnológicos.

Baixar arquivoClique para baixar